Que as pulgas de mil camelos invadam os corpos de meus leitores que não deixam comentários. Think about!

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Toca das Gatas

Há mais ou menos uns 6 anos, aqui mesmo em Campo Grande/MS eu estava na estiga, então eu liguei pro meu primo Patrick e disse:

_hey cabron, vamos pro crime!

Meu primo Patrick (sim o mesmo que teve de tudo na vida enquanto eu não tinha nada) me disse:

_Calma Cigano, vou te levar no Zica.

Duas coisas:

1. O zica é a melhor zona da cidade. É o antigo Enigma que ficava na Rua 14 de Julho e hoje fica na Saída de Rochedo.

2. Até hoje eu nunca entendi pq o Patrick me chama de Cigano.

Chegou no horário, não deu para ir no Zica, então ele falou:

_relaxa Cigano! Vamos numa outra zona aí que é ponta firme. Chama Toca das Gatas.

Então, fomos na bendita Toca das Gatas. O caminho não me era estranho. Parecia muito com o caminho que eu fazia de Mula para ir ao colégio Palhacinho de Ouro no Coophavilla 1, quando criança. 

Assim que eu ia para Escola Palhacinho de Ouro. 
Inclusive o guri da foto sou eu.


As ruas muitos parecidas, o bairro muito parecido, enquanto isso uma música bonita tocava em minha mente, tal como “Raindrops Keep Falling On My Head”... e pensava nas paçocas que tinha comido ali, goiabadas, aulas de educação física e...  opa! O TOCA DAS GATAS é o antigo Palhacinho de Ouro?

(sim... o mesmo Palhacinho de Ouro de minhas histórias de infância)

O Patrick soltou aquela rizada: 

_AUHAUHUAHUAHUAHA! cigano Inocente!

Entramos na zona, o Patrick chamando as meninas de meu bem, e eu com cara de quem não acreditava no que via. O Patrick foi falando que eu era Promotor Público. Como se precisasse, pois as mulheres eram horríveis. Nem num pagode de fim de mundo tinha aquelas beldades.

Eis que surge um homem, estatura media, uns 90 kg, direto da penumbra, bem ao estilo Tony Ramos, com um acordeon e com muitas correntes e anéis de ouro e falou quase que com uma lágrima nos olhos:

_ahhhhhh! Vcs aqui? 

E continuou dizendo para suas funcionárias:

_Esses aqui são meus meninos, cuidem bem deles.

E sai tocando acordeon, enquanto três meninas nos abraçavam.

Hauhauh... eu achei que já tinha visto de tudo na minha vida. Mas ver Raul, meu antigo diretor, que vivia me dando suspensão falar para aquelas mulheres nos darem do bom e do melhor, foi foda! 

Foi aí que senti que meu Primário e Ginásio valeram a pena.

Ele ainda voltou e brincou:

_Se vierem de uniforme, tem desconto.

E saiu de novo tocando a mesma música no acordeon. Hehe...

O palhacinho de Ouro virou a Zona TOCA DAS GATAS.

Mas não deu em nada aquele dia. A estiga passou, quando uma paraibana com bafo de caipirosca me falou que ia cuidar de mim gostoso, enquanto tossia um pigarro que parecia ter vida própria. E tudo isso em frente da mesma piscina que eu sempre via minhas antigas paixões da 5º e 6º série.



Se olhar bem, no fundo da sala, ainda tinha um abecedário de cartolina com bordas de papel crepom, com A-zinhos, B-zinhos e C-zinhos felizes de mãos dadas.

Hehehe.

Bom... o Toca das gatas ainda funciona a todo vapor, é só chegar na coophavilla 1 e procurar a luz vermelha.


3 comentários:

Blog do Cleberson disse...

Não encontrou nenhuma professorinha?

Gabriel Lezcano disse...

hauhau.... nenhuma cara.

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk